Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministro da Saúde explica vacina da febre amarela

A vacina integral contra a febre amarela – e o fracionamento - têm a mesma eficácia e durabilidade, segundo estudos feitos pela Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz)

Revista Brasil

No AR em 10/01/2018 - 12:21

A afirmação é do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, lembrando que a validade de dez anos era exigida por alguns países, mas a Organização Mundial de Saúde (OMS) informa que apenas uma dose é necessária para proteger a pessoa por toda a vida.

Ele diz ainda que o estoque de vacinas é suficiente, e quem vai para uma região de mata, deve se imunizar 15 dias antes.

Quem tem mais de 60 anos, precisa fazer avaliação médica para saber se pode – ou não – tomar a vacina contra a febre amarela, que não pode ser tomada por alérgicos a ovo, e por quem tem baixa imunidade.

Clique no player abaixo e ouça a entrevista.

 

 

Vacina contra a Febre Amarela
Vacina contra a Febre Amarela - Valter Campanato/ Agência Brasil

 

Revista Brasil vai ao ar de segunda a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília. É transmitida de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional da Amazônia e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 6h, na Rádio Nacional do Alto Solimões

Mais do programa