Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especialista defende a educação domiciliar

No Brasil, algumas famílias adotam o “homeschooling”, a educação domiciliar, ou seja, as crianças não vão para a escola e estudam com os pais ou com professores particulares em casa

Revista Brasil

No AR em 29/08/2018 - 13:17

O Revista Brasil conversa com o advogado e diretor presidente da Associação de Pais e Alunos das Instituições de Ensino do Distrito Federal (ASPA-DF), Luis Cláudio Megiorim, sobre a educação domiciliar. Também conhecido como "homescooling", este tipo de educação é adotado por algumas famílias no Brasil, que educam seus filhos em casa com professores particulares ou com aulas dadas pelos próprios pais.

O Conselho Nacional da Educação (CNE) é contra a prática e a decisão de um julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) marcado para esta quinta-feira (30) pode por alterar a rotina dessas famílias. Os ministros vão definir se a prática de ensino será permitida. Caso não passe pelo crivo da Corte, quem ensina os filhos em casa terá de matriculá-los em uma escola. 

"A homescooling nos Estados Unidos, num país onde existe uma educação de qualidade superior, muitas vezes superior a do Brasil, nós vemos que a homescooling lá não afesta em nada o funcionamento das escolas normais, das escolas públicas ou privadas”, explica o presidente da ASPA-DF.

 

O especialista destaca que nos EUA o Estado reconhece o direito dos pais de terem seus filhos sendo educados em casa e menos de 4% das crianças estudam no seu próprio domicílio.

Luís Cláudio afirma ainda que com a Base Nacional Curricular Comum (BNCC) háverá ainda mais liberdade para que os pais façam homescooling. A BNCC será usada em todas as escolas brasileiras a partir de 2019 e determina o que cada aluno deve aprender em cada etapa de conhecimento. 

 

Ouça a entrevista na íntegra no player abaixo:

Revista Brasil vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília. É transmitida de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional da Amazônia e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. E também de segunda a sexta-feira, às 6h, na Rádio Nacional do Alto Solimões.

 

Criado em 29/08/2018 - 13:27

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa