Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Estudo da Codeplan aponta disparidade salarial entre homens e mulheres no DF

A diferença salarial de gênero em Brasília pode chegar a 46%, o que já

Um estudo da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) aponta disparidade salarial de até 46% entre homens e mulheres em Brasília. Para explicar as causas dessa diferença salarial entre homens e mulheres, o Revista Brasília convidou a especialista em Inteligência Relacional, Thirza Reis.

 

Ela analisa que os dados são verdadeiros e expressam uma percepção coletiva e uma sensação que já é clara. Para a especialista, o que justifica essa disparidade é que hoje se vive numa cultura onde o discurso machista e heterossexual hegemônico é muito presente e tido como natural e comum. "As vezes conversando a gente escuta 'mas é assim, sempre foi assim', com uma certa naturalização, como se isso fosse o que é,  e o esquisito é pensar que pode ser diferente, pode ser transformado", avalia.

 

Thirza Reis alerta que se deve compreender que este discurso é histórico e que devemos ter uma compreensão desta disparidade e a consciência de que é preciso rever, porque ainda hoje existe preconceito sobre as mulheres no ambiente de trabalho, por parte de homens e mulheres.

 

Entenda o assunto nesta entrevista ao programa Revista Brasília, com Miguelzinho Martins, na Rádio Nacional de Brasília.



Violência contra a mulher no ambiente de trabalho é tema de audiência pública

Assédio moral e sexual adoece mulheres no trabalho

Criado em 25/11/2015 - 16:13 e atualizado em 25/11/2015 - 13:54

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique