Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Rodas femininas marcam "Dia da Mulher Sambista" na Cinelândia

Evento acontece neste sábado, 13 de abril, na Cinelândia. Data começa a ser celebrada após aprovação de projeto no Rio de Janeiro.

Assinar podcast

Sintonia Nacional

No AR em 12/04/2019 - 22:05

A participação das mulheres na história do samba sempre foi essencial, mas muitas vezes a atuação feminina foi pouco reconhecida. E agora, mais do que nunca, é hora de cantar e celebrar a vida e a contribuição de compositoras, ritmistas, intérpretes e trabalhadoras do samba. Chegou a vez de Ivones, Jovelinas, Ciatas e tantas Marias que não podemos mais deixar de lembrar.

E como muito do que acontece no mundo do samba, a homenagem às mulheres não poderia ter sido diferente. Foi a partir da construção coletiva de uma ideia que veio o reconhecimento oficial de quem sempre deu vida à alegria dos acordes. De uma página no facebook, para as mãos de um vereador, passando por votação na Câmara e, enfim, sancionada pelo prefeito do Rio. Esse foi o caminho da Lei Nº 6.454, de 4 de janeiro de 2019, que institui o ‘Dia da Mulher Sambista’ no calendário carioca. A data será comemorada em 13 de abril, dia do nascimento de Dona Ivone Lara - a primeira mulher a estar numa ala de compositores e assim, quebrar o estigma da composição ser um lugar masculino.

No Sintona Nacional desta sexta, dia 12 de Abril, a apresentadora Gláucia Araújo conversou com a compositora e produtora artística do evento.

Criado em 12/04/2019 - 22:23

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa