Preço diferente ao pagar com cartão viola Código de Defesa do Consumidor

Segundo Idec e Procon, regra aprovada pelo governo permite cobrança de sobrepreço e viola o Código de Defesa do Consumidor
Cartão de crédito
Cartão de crédito Pixabay / Domínio Público / CC0

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e o Procon criticam a cobrança pelo preço diferente para pagamento com cartão. As entidades sustentam que a regra aprovada pelo governo permite cobrança de sobrepreço e viola o Código de Defesa do Consumidor.
 
Entenda melhor essa questão na entrevista completa no player acima.
 
Em entrevista ao programa Tarde Nacional, a economista do Idec Ione Amorim exlica: "O estabelecimento comercial, quando fixa o preço, já embute todos os custos da operação. A partir do momento em que o consumidor entra no comércio e identifica o produto por um preço estabelecido e depois que ele informa que vai pagar com cartão esse preço sofre uma variação, ele está sendo cobrado duas vezes por esse serviço".
 

Produtor
Denise Oliveira
Tarde Nacional - Brasília
em
13/01/2017 - 10:52
atualizado em
13/01/2017 - 11:34