Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Aprenda como quitar dívidas e sair do sufoco

Educador financeiro ensina que orçamento precisa de controle e que cartão de crédito deve ser usado com moderação

Tarde Nacional

No AR em 23/09/2019 - 15:00

Segundo uma pesquisa, 7 em cada 10 pessoas estão com renda mensal comprometida com dívidas. Para saber como quitar as dívidas e sair do sufoco, Fátima Santos (DF), Anchieta Filho (SP) e  Luciana Valle (RJ) conversaram com o educador financeiro e especialista em Finanças, Washington Mendes. 

Segundo ele, essa situação persiste há anos pois a educação financeira no país tem sido precária. Recentemente até o Banco Central se propôs a ajudar neste sentido criando para as escolas municipais uma ferramenta para ajudar aquele público da 1ª a 8ª série. "Mas a educação mesmo começa em casa", ele afirma.

Um grande problema, de acordo com o especialista, "é que as pessoas se preocupam em manter um status independente de quanto ganha. Aí, você quer sair no fim de semana e gastar sem pensar no amanhã. Mas a primeira coisa que você deveria fazer é pegar o seu salário e dividir por 30, que é a quantidade de dias no mês, saber qual o seu valor diário de gasto. Quando você faz isso vai ver que o valor é bem pequeno. Aí ninguém quer saber. Existem pessoas que deixam de pagar coisas de consumo que são importantíssimas, como água, luz, telefone para se endividar com outras situações que não tem a ver com o seu dia a dia", pontua Washington.

Para o educador, o cartão de crédito é o grande vilão. "Nós temos os maiores juros do mundo", ele dispara. 

Mas como a gente se planeja? Acompanhe a entrevista completa no player:

Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 15h, nas rádios Nacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

Criado em 23/09/2019 - 16:47 e atualizado em 23/09/2019 - 16:46

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa