Psicóloga fala sobre a morte, as perdas e o luto

Segundo especialista, a morte ainda é um tabu, graças à dificuldade das pessoas em encarar a própria finitude
Cemitério
Cemitério Romulo Filipini / Flickr (CC)

O Tarde Nacional fala sobre a morte, as perdas e o processo de luto. A entrevistada foi a psicóloga clínica e hospitalar com formação em luto, Maria Emidia de Melo Coelho. Ela faz parte da Sociedade de Tanatologia e Cuidado Paliativo de Minas Gerais (SOTAMIG).
 
Segundo Maria Emidia, principalmente nas culturas ocidentais, a morte é um grande tabu, pelo fato das pessoas não quererem se confrontar com a ideia da própria finitude. Mas ela explica que não falar sobre o assunto acaba aumentando a dificuldade em lidar com as perdas.
 
A psicóloga contou, ainda, como outras culturas lidam com a morte e falou sobre a importância dos vários processos de luto que enfrentamos durante nossa existência.
 
Clique no player e ouça a entrevista na íntegra.
 
O Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.

Produtor
Roberta Timponi e Juliana Maya
Tarde Nacional
em
01/11/2016 - 19:31
atualizado em
02/11/2016 - 13:48