Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Hepatite: saiba mais sobre os tipos da doença e como tratá-la

Conheça os diferentes tipos da doença, as formas de contaminação e

O Tema Livre desta terça-feira (03), uma reapresentação do programa do último dia 21 de outubro, discutiu sobre a hepatite. A doença, de acordo com definição do Portal do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, consiste em "grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem apresentar cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras".

 

Participaram deste programa, coordenador e fundador do Grupo Otimismo de Apoio ao Portador de Hepatite, Carlos Varaldo, o portador de hepatite dos tipos B e C e transplantado, Paulo Carvalho e instrumentadora cirúrgica aposentada, Aparecida Guimarães, que provavelmente foi contaminada pela hepatite durante um procedimento cirúrgico.

 

Ainda de acordo com as informações do Portal do Ministério da Saúde, no Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado como cirrose e câncer. Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam a hepatite.

 

Carlos Varaldo falou sobre a vacinação contra as hepatites A e B, as únicas que existem: "A vacina para a hepatite A, desde o ano passado, é aplicada a toda criança quando cumpre um ano de vida, e ela vai ficar imune pelo resto da vida. É uma doença que entre pela boca, pela água e por alimentos contaminados. Vacinar é a forma de acabar com a doença", avalia.

 

Sobre a hepatite B, que é principalmente transmitida via relação sexual, e também por sangue contaminado, Varaldo fala: "É um grande problema de saúde pública no mundo, com 350 milhões de infectados cronicamente. No Brasil, entre um e dois milhões de infectados. Existe a vacina na rede pública, totalmente gratuita, em qualquer posto de saúde, disponível para qualquer pessoa até 49 anos", ensina ele.

 

Ouça o programa na íntegra clicando no player acima.

 

O Tema Livre é transmitido de segunda a sexta-feira, das 10h às 11h.



Criado em 03/11/2015 - 16:30 e atualizado em 03/11/2015 - 14:26

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique