Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ana Guanabara apresenta releituras de sambas que fizeram sucesso no carnaval do Rio

Violonista e compositor Claudio Jorge assinou os arranjos do álbum "Sambas Enredos", que traz ainda obra inédita do compositor Toco da Mocidade

Armazém Cultural

No AR em 21/09/2021 - 14:30

A cantora carioca, radicada na França, Ana Guanabara, foi a convidada do Armazém Cultural. Ela destacou o repertório do álbum Sambas Enredos. São 14 obras presentes na história do carnaval do Rio de Janeiro, entre os anos de 1948 e 1988. 

Ouça no player acima.

A ancestralidade percussiva aliada à sofisticação dos arranjos é a marca sonora do álbum disponível nas plataformas digitais. A direção musical ficou a cargo do violonista, cantor e compositor Cláudio Jorge.

Destaque para sambas eternos como Bahia de Todos os Deuses (Salgueiro), Festa do Círio de Nazaré (Unidos de São Carlos), Lendas e Mistérios da Amazônia (Portela), Kizomba, Festa da Raça (Unidos de Vila Isabel), Os Sertões (Em Cima da Hora), entre outros. 

O álbum apresenta também um samba inédito de Antônio Corrêa do Espírito Santo, mais conhecido como Toco da Mocidade, baluarte da agremiação de Padre Miguel. A obra, aclamada pela comunidade da escola, participou do concurso para o carnaval de 1981, no enredo Abram alas para a folia, aí vem a Mocidade, entretanto foi desclassificada e lançada, desta vez, pela artista.

Tags:  Ana Guanabara

Criado em 21/09/2021 - 17:38

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa