Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Sarampo: entenda os sintomas, riscos e tratamento

Pediatra fala sobre a doença ao Nacional Jovem

Nacional Jovem

No AR em 23/08/2019 - 15:40

O Nacional Jovem conversou com a pediatra intensiva, especialista em saúde da criança e adolescente, mestra e doutora em Medicina e Editora Médica do Portal PEBMED, Roberta Esteves Vieira de Castro, sobre o sarampo.

Ouça no player abaixo:


Segundo a pediatra, o sarampo é uma doença viral grave e altamente contagiosa e os sintomas iniciais são parecidos com os de um resfriado comum:

 

"Os pacientes podem apresentar inicialmente sintomas como febre, tosse, coriza, perda de apetite, manchas esbranquiçadas na boca parecidas com grãos de areia e até conjuntivite e fotofobia. Após isso, surgem manchas na pele, umas erupções e umas manchas vermelhas que começam no rosto, na região atrás da orelha e vão se espalhando pelo corpo, além de dor de garganta. A maioria dos pacientes começa a se sentir melhor após uns dois dias depois do início da erupção cutânea, que após 4 dias, começam a ficar na cor castanha evoluindo para o desaparecimento. A pele pode descascar igual a uma queimadura de sol".

 

De acordo com Roberta, a grande preocupação é que em pacientes com o sistema imunológico mais comprometido ou em crianças, a doença pode evoluir para complicações piores, como otite média aguda, pneumonias, hepatites, encefalites e até a morte.

A transmissão ocorre em contato de pessoa para pessoa e pela propagação no ar. O diagnóstico é unicamente clínico, afirmou a pediatra.

Ela reforçou que a única forma de prevenção é a vacinação. 

O tratamento específico não existe. O paciente precisa ficar de repouso.

O programa Nacional Jovem vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia, e às 15h, na Rádio Nacional do Alto Solimões.   

Criado em 23/08/2019 - 16:11

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa