Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministro da Saúde afirma que o país espera importar 8 milhões de doses para começar a vacinação

Vacinação terá início simultâneo em todos os estados, disse Pazuello

Repórter Nacional

No AR em 11/01/2021 - 18:00

A vacinação contra à Covid-19 deve começar com 8 milhões de doses e aplicação simultânea em todos os estados e Distrito Federal, informou nesta segunda-feira o ministro da Saúde, Eduardo Pazzuelo. O ministro disse que espera importar 2 milhões de doses da AstraZeneca e 6 milhões de doses da Coronavac, em parceria com o Butantan, para começar a imunização.

Antes, porém, é preciso que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa autorize, ao menos, o uso emergencial desses medicamentos. O ministro Pazuello, contudo, destacou que a importação de vacinas não é suficiente para imunizar em massa toda a população do país e que os demais laboratórios, para a Pfizer e a Janssen, apenas oferecem quantidades pequenas para compra.

Pazuello reforçou que o governo já contratou 345 milhões de doses de vacina, sendo 210 milhões da AstraZêneca e outras 100 milhões contratadas com o Instituto Butantan, a parceira, no Brasil, da farmacêutica chinesa Sinovac.

Pazuello participou nesta segunda-feira, junto com o governador do Amazonas, Wilson Lima, e o prefeito de Manaus, David Almeida, da entrega de 10 novos leitos de UTI e outros 118 novos leitos clínicos no estado. 

A capital do Amazonas passa por um novo pico de casos da Covid-19. A prefeitura registrou, neste domingo, 144 sepultamentos na cidade. É o maior número desde o início da pandemia. Já a média móvel de óbitos por Covid, que é a média de mortes nos últimos sete dias, chegou a 51 pessoas neste domingo em todo o Amazonas. Um mês antes, em 7 de dezembro, a média móvel do estado estava com 7 mortes diárias por Covid.
 

Clique no Player acima e ouça também:

- Coronavírus: Anvisa começa a analisar dados do Butantan e da Fiocruz para uso emergencial das vacinas Coronavac e Astrazêneca

-  Em dia de novo lockdown, Belo Horizonte bate recorde de ocupação de leitos de UTI para Covid-19          

- Um ano após primeira morte, missão da OMS vai à China esta semana tentar descobrir origem da doença

 

Criado em 11/01/2021 - 19:14 - Episódio Repórter Nacional 11/12/2020 18H

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa