Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Covid-19: Pesquisa aponta que tipo sanguíneo pode influenciar na gravidade

Variações genéticas podem indicar quem tem maior risco de desenvolver quadros graves e morte pelo coronavírus

Revista Brasil

No AR em 03/07/2020 - 12:18

O Revista Brasil conversou com o presidente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Dante Langhi. Ele falou de uma pesquisa da Universidade de Kiel (Alemanha) associação do tipo sanguíneo na contaminação pelo coronavírus.

Ouça no player abaixo:


 

Para obter esse resultado, foi feito um estudo molecular genético com cerca de dois mil pacientes na Espanha e Itália. Verificaram que pessoas do grupo A tem maior probabilidade de ter complicações graves e até morrer. O tipo O teria um fator protetor em relação ao desenvolvimento da doença. 

 

“O estudo não demonstrou que as pessoas têm um risco maior ou menor de se contaminar. Não é esse. O risco é maior de desenvolver uma doença severa. Então não pode através desse estudo inferir que devemos ou devamos isolar pessoas do grupo A”, esclareceu.

 

Criado em 03/07/2020 - 12:25

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa