Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Pesquisa revela que fome atingiu 19 milhões de brasileiros com pandemia

Professor da UFPR explica os níveis de insegurança alimentar e a relação direta entre pobreza e até cor da pele

Tarde Nacional

No AR em 07/04/2021 - 14:30

Realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), os dados da pesquisa indicam que nos últimos meses de 2020, 19 milhões de brasileiros passaram fome e mais da metade dos domicílios no país enfrentou algum grau de insegurança alimentar.Em entrevista ao programa Tarde Nacional desta quarta-feira (7), o professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pesquisador da Rede Penssan, Nilson Maciel de Paula explica que a fome é frequentemente associada a escassez. Mas que há também o caráter da insegurança alimentar.

"Quando se fala em fome, do ponto de vista da insegurança alimentar, nós estamos nos referindo aos diferentes estados que a pessoa se encontra. A pessoa pode ter fome hoje mas amanhã a pessoa se alimenta normal. Então, essa tonalidade temporal da fome acaba confundindo muito quando nós falamos dela. Por isso a ideia de insegurança alimentar é apresentada nessa investigação através de três itens: a insegurança alimentar leve, moderada e grave, que é a pior. Já instalada na vida da pessoa, que é quando algum morador não comeu durante um período de tempo porque não havia meios de ter comida. Ou quando essa pessoa sentiu fome mas não comeu porque não tinha dinheiro para comprar comida", pontua o professor.

A pesquisa identifica ainda o mapeamento da fome por regiões e por termos sociais. Ou seja, mais evidente nas regiões norte e nordeste. E evidente, entre as pessoas mais pobres. Dai, segundo ele, a relação direta entre o fenômeno da insegurança alimentar e o empobrecimento da população. Outra característica comum neste processo é a cor da pele. 

Confira a entrevista completa, no player acima. 

Leia também:
Confira dados do inquérito sobre insegurança alimentar

Criado em 07/04/2021 - 19:39

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa