Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Uso excessivo de telas pode gerar estrabismo na infância, diz especialista

Oftalmopediatra fala sobre aumento de casos de estrabismo por causa do uso excessivo de telas no dia a dia das crianças e adolescentes.

Tarde Nacional

No AR em 23/09/2021 - 17:07

A maior presença de crianças dentro de casa durante a pandemia acendeu um sinal de alerta entre os médicos oftalmologistas.

Um dos maiores riscos está na possibilidade de estrabismo com o uso excessivo de telas de eletrônicos. 

Efeitos das telinhas

Segundo a médica oftalmopediatra Thassia Tadiotto, durante a pandemia, aumentaram  os casos dessa doença. 

A especialista explicou que a criança pode ficar com olhos tortos sem os pais perceberem. "Tem que verificar se é mesmo estrabismo e verificar quantas horas a criança fica no celular", alertou. 

A médica citou um estudo científico publicado na revista “BioMed Central (BMC) Ophthalmology” , que congrega pesquisadores de diferentes países, que investiga a relação da doença com a utilização exacerbada de celulares. A pesquisa comprovou que crianças e adolescente que manusearam smartphones por muitas horas no dia apresentaram maior risco de estrabismo. 

Procedimentos

Thassia Tadiotto acrescentou que há casos em que podem ser indicadas cirurgias corretivas.

A médica testemunha que esse problema tem sido muito comum nos consultórios. "Inclusive, crianças que chegam com visão dupla". 

Ouça a entrevista completa no player acima. 

Criado em 23/09/2021 - 17:41

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa