Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Polícia Federal realiza ações para proteger terras indígenas na Amazônia

A Polícia realizou mais de 30 horas de voo sobre a floresta amazônica,

O Jornal da Amazônia Segunda Edição desta quinta-feira (10) traz ainda informações sobre a 36ª Expedição Cirúrgica e Clínica à Amazônia que vai atender comunidades indígenas localizadas às margens do Rio Negro, nas proximidades do município de São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. A ação é promovida pela EDS, Associação Expedicionários da Saúde, em parceria com a Sesai, a Secretaria Especial de Saúde Indígena, o Ministério da Defesa, a Funai e lideranças indígenas.

 

O primeiro mutirão será entre os dias 12 e 18 e vai oferecer um tratamento inédito de triquíase tracomatosa, na região de Iauareté. A doença é crônica, causada por uma bactéria, e pode levar à cegueira. Segundo a coordenadora geral do projeto Operando na Amazônia da EDS, Márcia Abdala, a triagem de pacientes já está sendo feita e as equipes estão trabalhando na infraestrutura para realização das cirurgias.

 

O segundo mutirão de saúde vai atender, entre os dias 18 e 26, as comunidades indígenas de Assunção do Içana, também na região conhecida como Cabeça do Cachorro, extremo noroeste do Amazonas. De acordo com Márcia, vários tipos de atendimentos e exames vão ser oferecidos.

 

A expectativa é atender mais de dois mil e quinhentos pacientes e fazer cerca de trezentas cirurgias no segundo mutirão. A expedição conta com o apoio logístico de militares do Exército e da Aeronáutica. Foram disponibilizadas aeronaves, viaturas e embarcações que vão transportar as equipes, cerca de 80 pessoas, e 15 toneladas de medicamentos e materiais. O gerente da subchefia de operações do Ministério da Defesa, coronel da Aeronáutica Júlio César Pontes, ressalta que os locais de atendimentos são de difícil acesso e, por isso, é fundamental a parceria com os militares.

 

A Associação Expedicionários da Saúde conta com profissionais voluntários e promove três expedições por ano à região amazônica. A organização estima que, desde 2004, já realizou mais de cinco mil cirurgias e 36 mil atendimentos clínico



Criado em 10/11/2016 - 14:11 e atualizado em 10/11/2016 - 16:48

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique