Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Psicóloga fala sobre o alto consumo entre os jovens de álcool e outras drogas no carnaval

No Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo, ela ressalta que a média de início do consumo de álcool no brasileiro é de 15 anos de idade

Nacional Jovem

No AR em 20/02/2020 - 16:00

No Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo, o Nacional Jovem desta quinta-feira (20) fala sobre o alto consumo de álcool e outras drogas pelos jovens. Até o dia 22, sábado, acontece em todo o país a Semana Nacional de Combate ao Alcoolismo.

Para falar sobre os perigos desses vícios, Ediléia Martins conversou com a psicóloga e presidente da ABEAD – Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas, Renata Brasil.

Sobre bebida e carnaval a psicóloga  explica que "essa é uma época em que se instituiu que haveria uma liberdade maior para a gente fazer o que quiser. Então, as pessoas se sentem mais à vontade para consumir substâncias psicoativas.. . Infelizmente, essa é uma associação que se deu ao longo dos anos". A Dra. ainda acrescenta que as pesssoas chegam a achar que é careta quem não bebe ou bebe pouco.

Na entrevista, ela comenta que com o álcool as pessoas ficam mais suscetíveis à agressividade, ao comportamento sexual de risco, mudança de humor, diminui a crítica e aumenta o risco de suicidio. Sem falar na chance da pessoa vir a desenvolver transtornos psiquiátricos. De acordo com a psicóloga, é função nossa (da sociedade) denunciar a venda/consumo de álcool por menores. Já que o cérebro do jovem se desenvolve até os 24 anos de idade. Daí, a importância dos pais acompanharem de perto. 

E como evitar esses excessos durante a folia? Como os pais podem dar esse limite? Acompanhe a entrevista completa no player acima :

 

O programa Nacional Jovem vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia, e às 15h, na Rádio Nacional do Alto Solimões

Criado em 20/02/2020 - 18:57 e atualizado em 20/02/2020 - 18:39

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa