Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Governo vai reforçar combate à violência contra mulher no campo e na floresta

Durenta a Macha das Margaridas, a presidenta Dilma anunciou a criação

Durante a cerimônia de encerramento da 5ª Marcha das Margaridas em Brasília, a presidenta Dilma Rousseff anunciou medidas de enfrentamento à violência contra a mulher e um plano especial de atenção à saúde para as mulheres que vivem em zonas rurais e na floresta.

 

Dilma disse que será criada a Patrulha Rural Maria da Penha, em parceria com os governos estaduais. Está prevista também a compra de unidades odontológicas móveis para serem distribuídas ainda este ano em municípios que tenham população rural.

 

Pela manhã, elas saíram em caminhada pelo centro da capital federal para protestar contra a violência, o uso de agrotóxicos e pedir agilidade na reforma agrária, igualdade de direitos, defesa da soberania alimentar e a instalação de creches na zona rural, entre outras reivindicações.

 

Com gritos de ordem, elas também criticaram o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

 

Ouça também:

Margaridas contam por que marcham até Brasília

Marcha das Margaridas: entenda o que é e quem são elas

 

A Marcha das Margaridas acontece no dia 12 de agosto porque nessa data, há 32 anos, foi assassinada na Paraíba, Margarida Alves, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras de Alagoa Grande.

 

Ela foi morta com um tiro no rosto. O crime foi encomendado por um latifundiário que se viu ameaçado com a luta da militante.

 

Confira também no Repórter Amazônia desta quarta-feira (12): Mais escolas em Roraima aderem à greve dos professores estaduais; Em Rondônia, exploração ilegal de madeira em terra de índios Suruí vai ser investigada; Governo brasileiro prorroga concessão de visto humanitário para imigrantes haitianos.

 

O Repórter Amazônia é uma produção da equipe de Radiojornalismo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 18h45 (horário de Brasília).



Criado em 12/08/2015 - 22:35 e atualizado em 13/08/2015 - 08:22

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique