Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Síndrome da cabana: quando o medo de sair de casa se transforma em doença

Transtorno pode aparecer devido a longos períodos em isolamento

Tarde Nacional

No AR em 10/07/2020 - 17:04

Com a necessidade do distanciamento social, muitos transtornos psicológicos podem aparecer durante a pandemia. É o caso da Síndrome da Cabana. O termo, criado nos Estados Unidos no ano de 1900, surgiu para explicar o hábito dos caçadores, que praticavam o isolamento durante invernos rigorosos, mas não queriam conviver em sociedade após o fim da estação.

As motivações são diferentes, mas o hábito é o mesmo. Devido à pandemia, algumas pessoas não querem mais sair de casa. A neuropsicóloga e escritora Lucia Moyses explicou porque a síndrome pode crescer durante o isolamento social.

Ouça no player abaixo:


“A síndrome da cabana é o medo que a gente tem de sair de casa depois de um longo período de isolamento. O cérebro passa a entender que só em casa estamos seguros. Hoje existe um medo real do vírus, tem muita gente que está com medo de levar o lixo pra fora de casa e estão confinados como numa prisão domiciliar”, explicou.

 

Os sintomas da Síndrome da Cabana podem ser confundidos com a ansiedade. Mas se o distúrbio não receber o tratamento correto, pode resultar em transtornos mais graves como a depressão e a síndrome do pânico.

 

“Além dos sintomas psicológicos como ansiedade, ela pode ter sintomas físicos como taquicardia, náuseas, tontura. Então começa a ficar muito parecida com a depressão, ansiedade e síndrome do pânico. A princípio a síndrome da cabana não é uma doença, mas pode desencadear todos esses transtornos”, ressaltou.

 

Ter hábitos saudáveis e criar uma rotina que envolve meditação são algumas alternativas para manter a calma e combater o distúrbio. Caso os sintomas permaneçam, procure ajuda de um terapeuta.

Criado em 10/07/2020 - 17:07

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa