Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Secretário avalia que desigualdade social marca país mesmo após Lei Áurea

Ouça a entrevista com Paulo Roberto, secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Tarde Nacional

No AR em 13/05/2021 - 15:45

"A Lei Áurea foi uma conquista, mas o grande problema foi o dia seguinte: o 14 de maio. A partir desse momento se estabeleceu uma desigualdade como se fosse uma sangria". A avaliação é do  Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Paulo Roberto, em entrevista ao programa Tarde Nacional.

  Ele recorda que o país não conseguiu dar a mínima dignidade para as pessoas libertas. "Com isso, ficou o grande abismo dentro da sociedade e que continua". A data da Abolição da Escravatura passou a ser motivo de reflexão pelo Dia Nacional de Denúncia Contra o Racismo.

"Essa população negra constitui a maioria da população brasileira, segundo dados do PNAD são mais de 111 milhões de brasileiros que estão abaixo da da linha da igualdade", acrescentou o secretário.

O Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta no horário de 13h às 15h pela Rádio Nacional de Brasília 

Criado em 13/05/2021 - 19:03

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa