Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Funarte e UFRJ promovem o Festival Arte de Toda Gente

Maestro e coordenador da iniciativa falou sobre as atividades que integram o projeto ao longo do ano

Tarde Nacional

No AR em 25/08/2021 - 19:32

Ouça a entrevista, transmitida no programa Tarde Nacional desta quarta-feira (25), com Marcelo Jardim, maestro e coordenador geral dos projetos que integram o Festival Arte de Toda Gente, uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes (Funarte) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O Festival Arte de Toda Gente reúne dezenas de professores, especialistas e artistas das mais diversas vertentes e origens geográficas em uma série de oficinas, mostras, encontros e apresentações, ao vivo e gravadas, transmitidas gratuitamente pela internet, promovendo capacitação, acessibilidade e difusão das diversas formas de arte produzidas no país. O projeto combina, de forma complementar, atividades promovidas pelos três projetos do programa Arte de Toda Gente: Bossa Criativa, Um Novo Olhar e Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos), lançados ao longo de 2020 pela parceria entre a Funarte e a UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

Segundo o maestro, o propósito do festival "é juntar a programação e trazer elementos novos, como por exemplo encontros de setores, gestão de projetos da parte de, por exemplo, como nós fizemos agora, o encontro de violas dedilhadas, que é um instrumento tão característico do Brasil, o festival de hip hop, que nós tivemos uma participação muito bacana", conta ele durante a entrevista, acrescentando que o evento conta com o envolvimento de mais de 600 artistas de todo o país.

No Bossa Criativa são mais de 180 artistas e educadores, de várias regiões do país, em apresentações, lives e oficinas de capacitação nas áreas de música, circo, artes visuais, dança, teatro e gestão cultural. Mais de 200 horas de conteúdo já estão no ar, com foco na diversidade e democratização da cultura.

O projeto Um Novo Olhar (UNO) reúne capacitações em arte-educação e em regência coral, promovendo a arte como forma de inclusão e acesso de crianças, jovens e adultos com deficiência. No ano passado, mais de 70 artistas e educadores se dividiram entre aproximadamente 200 horas de apresentações e capacitações, além de publicações, palestras e eventos com especialistas do Brasil e do exterior.

O Sinos, o Sistema Nacional de Orquestras Sociais, é mantido por uma rede de dezenas de profissionais de música, que atuam em cursos, oficinas, concertos e festivais. O objetivo do Sinos é capacitar regentes, instrumentistas, compositores e educadores, apoiando projetos sociais de música, contribuindo para o desenvolvimento das orquestras-escola do Brasil.

Ouça a entrevista completa clicando no player.

Programação para o restante de agosto:

25 de agosto| quarta

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | SINOS

• Academia Virtual | Projeto Espiral | Clarone

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | UNO

• Oficina: Teatro Virtual Inclusivo

26 de agosto | quinta

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | BOSSA CRIATIVA

• Oficina: Maracatu - Módulo 6

• Encontro de Violas: Apresentação musical com Valdir Verona

27 de agosto| sexta

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | SINOS

• Academia Virtual | Projeto Espiral | Violoncelo

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | BOSSA CRIATIVA

• Encontro de Violas: Concerto comentado com Hugo Lins

28 de agosto | sábado

UNO

• Mostra Coral - Vídeo 2

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | BOSSA CRIATIVA

• Apresentação Musical de BH

30 de agosto | segunda

FESTIVAL ARTE DE TODA GENTE | SINOS

• Academia Virtual | Pedagogia das Cordas | Inclusão de deficientes visuais no ensino de violino

UNO

• Curso: Dança + Educação + Acessibilidade

Criado em 26/08/2021 - 06:48

Mais do programa