Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Setembro Amarelo: Tratamento de saúde mental pode ser feito no SUS

Rede de Atenção Psicossocial faz 20 anos e ainda é cercada de preconceitos

Tarde Nacional

No AR em 29/09/2021 - 14:50

O mês de setembro é lembrado pelo combate ao suicídio. E poucas pessoas têm conhecimento que as RAPS (Rede de Atenção Psicossocial) são um serviço oferecido pelo SUS para tratamento de problemas relacionados à saúde mental.

Para falar sobre esse serviço, o programa Tarde Nacional, trouxe a gerente executiva do Instituto Cactus, especializado em advocacy e fomento de ações em Saúde Mental, Luciana Barrancos. Ela informou que as RAPS ainda sofrem estigmas e recebem pouco investimento, mas que podem ajudar a diminuir o número de 12 mil suicídios por ano no Brasil.

As RAPS, de acordo com Luciana, têm como base a humanização do tratamento, a garantia de autonomia das pessoas e o acesso a um serviço de qualidade. Além disso, ela é uma rede distribuída em todo território nacional, sempre tendo em vista um processo de inclusão social. Segundo a gerente executiva, a Rede atende tanto pessoas com problemas de saúde mental quanto aquelas que sofrem por álcool e drogas.

O serviço conta com uma atenção multiprofissional e interdisciplinar. Então, nós temos profissionais não só de saúde, mas também de assistência social, de cultura, de emprego e de enfermagem, explica Luciana.

 

Confira a entrevista completa clicando no player acima.

Criado em 29/09/2021 - 14:53

Mais do programa