Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ouça “Requiem de Guerra”, de Benjamin Britten, no Concertos Deutsche Welle

Confira uma produção que juntou quase 300 pessoas no palco, entre solistas, instrumentistas e coralistas de diferentes países

Concertos Deutsche Welle

No AR em 15/09/2018 - 17:00

"Tudo o que um poeta pode fazer hoje é advertir", escreveu Wilfred Owen, um poeta inglês que morreu em batalha poucos dias antes do final da Primeira Guerra Mundial, em 1918. Em 1962, após uma Segunda Guerra Mundial desastrosa, o compositor inglês Benjamin Britten tirou aquelas palavras de advertência e as colocou em seu “Réquiem de Guerra”, atração do Concertos Deutsche Welle deste sábado (15). 

Em 2018, os europeus recordam alguns marcos históricos trágicos. Há 400 anos, em 1618, a desastrosa Guerra dos 30 Anos começou. E há 100 anos, em 1918, veio o fim da Primeira Guerra Mundial.

2018 é, também, o ano do patrimônio cultural europeu em toda a União Europeia. Isso foi celebrado com a performance da Filarmônica de Colônia, seguido por repetidas performances no novo Fórum Nacional de Música em Breslávia, Polônia, e finalmente, na Filarmônica de Berlim.

O “Réquiem de Guerra”, de Britten, é feito para solistas vocais, coral profissional e infantil, orquestra de câmara e orquestra completa. Resumindo, são quase 300 pessoas no palco, entre solistas, instrumentistas e coralistas de diferentes países que, há uns 70 anos, eram inimigos, e agora, se juntam para fazer esta grandiosa música com a regência dos maestros Daniel Spaw e Thomas Neuhoff.

Ouça no player acima.

Não perca! Concertos Deutsche Welle é neste sábado, às 17h, na MEC FM.

Mais do programa