Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Cotidiano faz alerta sobre dietas restritivas

Nutricionista chama a atenção dos jovens que não aceitam o processo de

Quais os riscos que uma dieta restritiva pode oferecer para a saúde?  Para responder essa dúvida, o programa Cotidiano conversou com a nutricionista com doutorado em endocrinologia pela Universidade de São Paulo (USP) e pesquisadora em obesidade infantil e transtornos alimentares, Sophie Deram. 

 

Ela diz que as dietas muito restritivas, em que as pessoas tiram carboidratos ou toda gordura e diminuem calorias, agridem o corpo. A nutricionista comenta que essas dietas mudam o centro do apetite e depois de voltar a se alimentar normalmente, o apetite aumenta, porque dentro do cérebro fica uma desregulação.

 

"A dieta restritiva não necessariamente vai dar transtorno alimentar, mas todo transtorno alimentar começa nas dietas restritivas e esse é um alerta, em especial para os jovens", esclarece. 

 

Ela chama atenção para as jovens em especial, porque elas não aceitam as mudanças do corpo: "infelizmente estamos numa sociedade que demoniza a gordura", comenta. 

 

Sophie Deram deixa claro que o excesso de gordura prejudica a saúde, no entanto, a mulher ganha gordura na adolescência e 20% de massa gorda é normal: "mas infelizmente vemos nas academias, as meninas se esforçando para ter menos de 20% e isto é assustador, porque o corpo feminino funciona melhor quando tem um pouquinho de gordura", esclarece. 

 

Confira as informações sobre dietas restritivas nesta entrevista ao Cotidiano, com apresentação de Luiza Inez Vilela, na Rádio Nacional de Brasília.



Nutricionista alerta para os riscos das dietas restritivas

Dietas malucas podem desencadear compulsão por comida

Criado em 28/01/2016 - 18:16 e atualizado em 28/01/2016 - 16:16

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique