Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Indígenas vão à Câmara protestar contra a PEC 215

Relatório sobre a proposta foi aprovado no mês passado em comissão

Cerca de 100 índios caiapós fizeram um protesto nessa quarta-feira (4) na Câmara dos Deputados contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215 que trata da demarcação de terras. Eles ficaram do lado de fora do prédio principal cantando, e dançando para chamar a atenção dos parlamentares que chegavam.

 

A Polícia Militar (PM) e Polícia Legislativa acompanharam o protesto, que foi pacífico. Não houve embates ou qualquer tipo de violência. Os índios protestaram contra a PEC 215 que foi aprovada na semana passada em comissão especial. Ela altera as regras para demarcação de terras indígenas, de remanescentes de comunidades quilombolas e de reservas. Pela proposta o Congresso terá a palavra final sobre o assunto.

 

Além disso, o texto proíbe a ampliação de terras já demarcadas. Depois de aprovada na comissão especial que tem maioria de deputados da bancada ruralista, a proposta segure agora para o plenário, onde vai passar por dois turnos de votação antes de chegar ao Senado.

 

O Jornal da Amazônia 2ª edição desta quarta-feira (4) traz ainda informações sobre as mudanças no sistema de processamento das faturas da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). A partir de agora as faturas de energia no estado serão entregues no momento em que é feita a leitura. Por causa da mudança, a Companhia explica que alguns consumidores vão receber duas contas com vencimento em novembro. Uma referente ao mês de outubro, que, ainda, será entregue pelos correios; e a outra referente ao mês de novembro, já calculada e entregue pelo novo sistema de processamento.



PEC 215 viola Constituição, afirma deputado contrário à proposta

Deputado diz que aprovação da PEC 215 não vai aumentar violência contra indígena

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 04/11/2015 - 16:36 e atualizado em 04/11/2015 - 14:27