Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministério da Agricultura quer ampliar acesso a produtos sustentáveis da Amazônia

Mais de 400 mil famílias vivem de produtos da floresta

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 08/04/2019 - 08:27

Açaí, castanha do Brasil, óleos vegetais da Amazônia... Produtos sustentáveis que respeitam a biodiversidade, têm qualidade, mas que chegam pouco ao fim da cadeia: os consumidores. E é por isso que está sendo lançado o projeto “Mercados Verdes e Consumo Sustentável” pelo Ministério da Agricultura. 

A ideia é conquistar o mercado para os produtos da sociobiodiversidade e da agroecologia e poupar as florestas, já que são produções sustentáveis; Além de gerar renda para as populações locais. A polpa do açaí da Amazônia, por exemplo, já é exportada para a União Europeia. 

Segundo o Ministério, mais de 400 mil  famílias na Amazônia vivem, atualmente, da floresta e, a partir dela, produzem alimentos, cosméticos, artesanatos, dentre outros produtos, que auxiliam na preservação do patrimônio cultural e natural dos territórios. 

O projeto está previsto para quatro estados: Acre, Amazonas, Pará e Amapá: Neles, foram criadas câmaras de comercialização com treinamento de profissionais de assistência técnica. Todos os envolvidos na produção pensam em soluções para promover as iniciativas e apoiar a gestão nas cooperativas. Além disso, serão geradas parcerias com o setor empresarial e investidores interessados em oportunidades de negócios. 

Na Amazônia, mais de 300 cooperativas e associações de pequenos produtores já foram mapeadas pelo projeto. Além disso, mais de 100 empresas potenciais em ser compradoras dessas produções também fazem parte do mapeamento.

Ouça o Repórter Nacional - Amazônia desta segunda -feira (8) 7h55:

 

Criado em 08/04/2019 - 08:37

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa