Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Onyx Lorenzoni confirma o fim do Ministério do Trabalho

A atual estrutura será dividida entre as pastas de Economia, Cidadania e Justiça

Repórter Nacional

No AR em 04/12/2018 - 07:46

Em entrevista  à Rádio Gaúcha, de Porto Alegre,  o Ministro Extraordinário da Transição e futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, confirmou o fim do Ministério do Trabalho como ele funciona hoje. No governo de Jair Bolsonaro, a atual estrutura será dividida entre outros três ministérios.

Assuntos relativos a emprego ficarão a cargo do futuro Ministério da Economia, que será chefiado pelo economista Paulo Guedes.

A parte que cuida da concessão de cartas sindicais e fiscalização do trabalho escravo deve ficar com o futuro Ministério da Justiça e Segurança Pública, de Sérgio Moro.

O Ministério da Cidadania, que será comandado por Osmar Terra, vai concentrar a parte restante e também vai tratar de políticas de emprego.

Ainda de acordo com Onyx, a estrutura final do governo vai contar com 20 ministérios funcionais e 2 eventuais – O Banco Central e a Advocacia Geral da União.

Entre os ministérios sem chefia definida está a pasta do Meio Ambiente. O nome do futuro ministro deve ser anunciado nesta semana.

Durante a estadia de Bolsonaro, em Brasília, de amanhã até a próxima quinta-feira, Onyx vai acompanhar reuniões do futuro presidente com bancadas parlamentares.

As primeiras bancadas atendidas serão do MDB, PRB, PR e PSDB.

Ouça o Repórter Nacional (7h) desta terça-feira (04):

 

 

Outros destaques desta edição:

-  Estrutura definitiva do governo Bolsonaro terá 22 ministérios

-  Futuro ministro da Justiça diz que base de apoio ao presidente eleito tem quase 400 parlamentares

-  Turma do STF julga mais um pedido de liberdade do ex-presidente Lula

-  Cabral é mais uma vez condenado e penas chegam a mais de 200 anos

-  Polícia prende 11 acusados de traficar armas do Paraguai para o Rio

Criado em 04/12/2018 - 07:53

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa