Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Oito réus são condenados por envolvimento em fraudes na comercialização de madeira no Pará

Crimes foram descobertos em 2007 durante investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal

Repórter Nacional

No AR em 19/09/2019 - 10:16

O esquema envolvia fraudes no DOF - Documento de Origem Florestal, emitido pelo Ibama, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, e que representa a licença obrigatória para o controle do transporte e armazenamento de produtos florestais.

De acordo com a investigação, os criminosos, entre eles hackers, inseriam dados falsos no sistema gerido pelo Ibama. Com isso, criavam créditos irreais em favor de diversas empresas, inclusive “empresas fantasmas”, que atuavam no Pará. O objetivo era dar aparência de legalidade ao transporte de madeira e carvão, extraídos a partir de desmatamento ilegal na Região Amazônica.

As fraudes foram descobertas pela Operação Ouro Verde II, coordenada pela Polícia Federal em 2007. Os acusados foram denunciados pelo Ministério Público Federal e agora, 12 anos depois, a Justiça Federal condenou os oito réus. As penas somadas ultrapassam 90 anos de prisão. A maior pena individual aplicada foi de 19 anos e 5 meses. E apenas dois dos oito condenados vão cumprir pena em regime semiaberto. Os demais seguem para o regime fechado. Ainda cabe recurso no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília.

Ouça o Repórter Nacional - Amazônia (7h30) desta quinta-feira (19):

Tags:  Pará

Criado em 19/09/2019 - 10:23

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa