Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Pesquisadores criam caneta que detecta células cancerígenas

Nova tecnologia ampliará precisão de cirurgias para retirada de tumores. Ainda não há previsão para que o aparelho comece a ser usado em hospitais

Revista Brasil

No AR em 12/09/2017 - 10:30

A Universidade do Texas desenvolveu caneta capaz de detectar, em poucos segundos, a presença de células cancerígenas. A tecnologia permitirá que cirurgiões diferenciem com maior precisão, em operações para retirada de tumores, células saudáveis de células doentes . 

A chefe da divisão de pesquisa clínica e desenvolvimento tecnológico do Institutto Nacional do Câncer (INCA), Dra. Andreia Melo, conversou com o Revista Brasil sobre a inovação.

Ouça a entrevista completa:

O dispositivo oferece um resultado preciso em 96% dos testes realizados na busca por células cancerígenas. Ainda não há previsão, no entanto, para que o aparelho esteja disponível para uso nas salas de operação.

Saiba mais sobre a pesquisa no site da Universidade do Texas em Austin: 
https://news.utexas.edu/2017/09/06/new-device-accurately-identifies-cancer-in-seconds

O Revista Brasil vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 6h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e às 8h, pelas rádios Nacional da AmazôniaNacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

Criado em 13/09/2017 - 12:08 e atualizado em 13/09/2017 - 12:08 - Episódio Caneta detecta celulas cancerígeras

Fale com a Ouvidoria

Mais do programa