Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Comércio prevê recuo nas vendas da Páscoa deste ano

Segunda a CNC, será a primeira retração desde 2004

A Páscoa deverá movimentar este ano R$ 2,6 bilhões em negócios para o comércio em todo o País, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). No entanto, a projeção representa a primeira queda em 11 anos no volume de vendas para a data. No ano passado, as vendas cresceram 3,0% em relação às de 2013, já descontada a inflação.

 

Sobre o assunto o Revista Brasil conversou com economista da CNC, Fábio Bentes.

 

A explicação para esse recuo, de acordo com o economista, está desaceleração do mercado de trabalho, na perda do poder de consumo e a alta do dólar. “A deterioração dessas condições de consumo vai fazer com que o consumidor coloque o pé no freio e fique mais cauteloso”, disse Bentes.

 

Ouça também: Aposentados por invalidez e por idade têm direito a adicional de 25%

 

Segundo Fábio Bentes, a principal estratégia do comércio será investir em liquidações e promoções. “Ovo de Páscoa dificilmente é vendido em outra época do ano, então, o interessante é enxugar os estoques”, afirmou o economista.

 

Confira a íntegra da entrevista nesta edição do Revista Brasil e saiba mais sobre comportamento do comércio no período da Páscoa.

 

O programa vai ao ar de segunda a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A apresentação é de Valter Lima.



Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 25/03/2015 - 14:15 e atualizado em 25/03/2015 - 13:15

Mais do programa