Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Janeiro Branco alerta para os cuidados com a saúde mental

Segundo psicólogo, falar sobre sentimentos é algo que não deve se restringir aos consultórios

Tarde Nacional - Amazônia

No AR em 09/01/2019 - 13:00

Com um dos maiores índices de ansiedade e depressão do mundo, o Brasil ocupa hoje o oitavo lugar em incidência de suicídos. Portanto, "falar de saúde mental é uma questão de saúde pública, e é tão normal quanto ir a outro médico", pondera Vitor Barros Rêgo, psicólogo e coordenador da Campanha Janeiro Branco, promovida pelo Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal (CRP-DF), em entrevista ao programa Tarde Nacional, da Rádio Nacional da Amazônia

Seja por medo, vergonha ou desconhecimento sobre a atuação de um profissional, a campanha visa derrubar o preconceito ao redor do tema e trazer qualidade de vida ao cidadão. E chama a atenção para o fato de que falar sobre os sentimentos não pode ser uma ação exclusiva aos consultórios. Para isso, Vitor fala sobre educarmos nossas emoções. "São muitos os padrões que colocam para a gente e nos aprisionam. E aprisionam também nossas emoções. É necessário fazer essa reflexão para evitar chegar em um quadro mais complexo", complementa ele.

Confira a entrevista completa no player abaixo: 

Tarde Nacional - Amazônia vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 13h, pela Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.

Criado em 09/01/2019 - 12:46 e atualizado em 09/01/2019 - 12:46

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa