Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

UnB desenvolve pulseira para diabéticos que manda alerta via celular

A inovação tecnológica já está em teste e, em no máximo um ano, estará

O Tarde Nacional desta quarta-feira (11) conversou com a professora de Engenharia Eletrônica e Biomédica da Universidade de Brasília (UnB), Suélia de Siqueira Rodrigues, que já vinha trabalhando, há cinco anos, nesta tecnologia. Ela disse que, coincidentemente, nesta nova gestão da UnB com a reitora Márcia Abrão, foi criado um Decanato de Pesquisa e Inovação, para superar o muro que impede que resultados de trabalhos realizados na universidade cheguem à comunidade.

 

Segundo a professora, normalmente os produtos da engenharia aplicados à área médica surgem de um problema. Ela conta que uma aluna tinha uma irmãzinha com esta moléstia, infelizmente, e a criança sempre apresentava quadro de alteração glicêmica ou hipo e hiper glicemia, durante a noite. Então a aluna pediu à professora para fazer um estudo.

 

O desafio foi aceito e a pulseira (chamada de EasyGlic) foi criada. O produto já está em teste e, em no máximo um ano, estará à venda. 

 

Saiba como funciona essa ferramenta de auxílio, de alerta e monitoramento do paciente com diabetes, em especial crianças e idosos, no player acima.

 

O Tarde Nacional vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 15h, pela Rádio Nacional AM Brasília.

 



Revista Brasília fala sobre 2º Prêmio Brasília de Ciência, Tecnologia e Inovação

Criado em 11/01/2017 - 20:49 e atualizado em 11/01/2017 - 18:52

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique