Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Discos do Selo Festa vão parar em plataformas de streaming

O catálogo do selo reúne 97 discos das décadas de 50 e 60, com títulos de grandes nomes da bossa nova, da música erudita e da literatura

Assinar podcast

Antena MEC

No AR em 20/02/2020 - 18:00

O Selo Festa perdurou entre os anos de 1955 e 1971, com curadoria do jornalista Irineu Garcia. O catálogo, que reúne 97 discos de grandes nomes da bossa nova, da música erudita e da literatura, como Tom Jobim, Francisco Mignone, Carlos Drummond e Pablo Neruda, poderão ser ouvidos através das plataformas de streaming ainda neste ano de 2020.

O projeto de digitalizar os discos do catálogo vem sendo feito pela filha do jornalista idealizador do Selo Festa, Gracita Garcia Bueno, junto à filha do pianista Francisco Mignone, Anete Rubin Mignone. O selo, primeiramente, estará disponível no Youtube, mas a previsão é que em 2021 os registros do catálogo, alguns com mais de 70 anos de lançamento, estarão disponibilizados nas outras plataformas de streaming.  

Confira no player abaixo a reportagem de Samuel Sam, em que Anete Rubin Mignone ressalta a importância do Selo Festa para a história da música brasileira, e como se deu esse trabalho de restauração digital dos discos de vinil:

Reportagem Selo Festa, por Samuel Sam / Rádio MEC

Criado em 20/02/2020 - 18:26

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa