Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Nos 110 anos de Rachel de Queiroz, obra da autora se mantém atual

Coordenadora de literatura do Instituto Moreira Sales fala sobre o legado da escritora

Assinar podcast

Arte Clube

No AR em 16/11/2020 - 16:19

Nascida há 110 anos, a escritora Rachel de Queiroz deixou um legado de pioneirismo e várias obras fundamentais para a literatura brasileira. Primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, primeira mulher a receber o prêmio Camões, Rachel também teve participação na política, por meio de suas crônicas e posicionamentos, que se transformaram bastante ao longo dos seus 92 anos de vida.

Para conhecer melhor a vida e a obra de Rachel de Queiroz, o jornalista Jansem Campos conversou com a coordenadora de literatura do Instituto Moreira Salles - que detém a guarda do arquivo da escritora -, Rachel Valença. Ela fala sobre o pioneirismo da autora, sua mudança de posicionamento político ao longo da vida e da atualidade das temáticas abordadas em seus livros. 

Clique no player acima e ouça o boletim completo.

Apresentação e edição: Jansem Campos
Produção: David Isidoro

Criado em 16/11/2020 - 16:38

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa