Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Dia Internacional do Riso: quais os benefícios de sorrir para a saúde?

Sorrir aumenta a imunidade, diminui o stress e a dor, por conta

Comemorado em 18 de janeiro, o Dia Internacional do Riso lembra os benefícios que esse ato pode fazer a saúde das pessoas.

 

Dois neurotransmissores: a endorfina, que ajuda no alívio da dor, e a serotonina, que ajuda a aliviar o stresss, porque combate diretamente o cortizol, hormônio responsável pelo stresse, são muito importantes durante o ato da gargalhada, afirma o gelotólogo, fundador do Clube da Gargalhada de São Paulo, do Instituto do Riso e especialista em descontração no ambiente de trabalho, Marcelo Pinto, conhecido como Dr. Risadinha. De acordo com o especialista o primeiro ponto da cura depende de cada um, porque não adianta remédio, risada, nem médico, se eu não quiser me curar.

 

Saiba mais informações sobre esclerose múltipla

 

Então, diz o Dr. Risadinha, “eu tenho que ter a vontade de viver, e a partir daí os remédios e a risada passam a fazer parte do tratamento”. Quando se dá uma gargalhada, vários músculos se movimentam e há uma manifestação intensa dos músuculos internos e externos do rosto. Mas existem 3 músculos que funcionam e estão bem fáceis de enxergar: O risório, aquele que puxa o cantinho da boca para o lado, o zigomático, que eleva a buchecha, agora o terceiro músculo, que é o dedo duro, conhecimento como orbicular ocular, é aquele que faz a ruguinha no olho.

 

"Para saber se a pessoa está sorrindo de verdade, se olha para o olho, se franziu o cantinho do olho é porque está sendo uma risada verdadeira. As mulheres fazem de tudo pra não fazer essa ruguinha, para não criar o pé de galinha, mas tem que se descartar esse mito. Os próprios esteticistas já chegaram a conclusão de que sorrir é a melhor massagem facial que a mulher dispõe e ainda é a melhor flecha que do cupido." Alerta Marcelo Pinto.

 

Confira a entrevista sobre o sorriso ao programa Cotidiano, vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 14h, na Rádio Nacional de Brasília, com apresentação da jornalista Luiza Inez.



Criado em 19/01/2015 - 19:37 e atualizado em 20/01/2015 - 08:01

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique