Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Setor de infraestrutura espera pela volta das grandes obras ainda neste ano

Para especialista Miguel Neto, o retorno será lento por causa dos processos de privatização e das novas concessões.

Em Conta

No AR em 18/01/2018 - 06:39

Depois de ter caído dos R$ 162 bilhões, em 2012, para R$ 114,9 bilhões, em 2017, segundo dados da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Anbdib), o setor responsável por grandes obras espera que neste ano alguma coisa possa ser feita para interromper inclusive a previsão de recuo maior ainda, neste ano, para R$ 94 bilhões.

De acordo com outras previsões, como a da Inter.B Consultoria Internacional de Negócios, os negócios em torno do setor de infraestrutura, no Brasil, podem de fato, retomar a partir de 2019. Segundo o especialista em infraestrutura, o advogado Miguel Neto, entrevistado neste Em Conta, já dá para ter algum otimismo, principalmente pelos processos de privatização, em especial no setor elétrico, e das concessões em rodovias, portos e aeroportos.

“Numa primeira fase, nos governos passados, houve falta de credibilidade na regulamentação de setores públicos e e de políticas claras nas concessões”, diz o sócio-diretor da Miguel Neto Advogados. Ele lembra ainda o prejuízo causado pela Lava Jato quando, segundo ele, “as empresas pararam de ter dinheiro, estavam endividadas e tiveram suas obras colocadas em cheque”.

Ouça o programa para entender melhor a questão.

O Em Conta – a economia que você entende - vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir de 13h (horário de Brasília) na Rádio Nacional da Amazônia. A produção é de Cleide de Oliveira. A edição e apresentação é de Eduardo Mamcasz.

Participe através do nosso e-mail: emconta@ebc.com.br
 

Criado em 18/01/2018 - 06:44 - Episódio Setor de infraestrutura espera pela volta das grandes obras ainda neste ano

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa