Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Conheça as novas regras para usar a Farmácia Popular

Para evitar fraudes, Ministério da Saúde determina limites de idade

As mudanças nas regras de aquisição de remédios no sistema “Farmácia Popular Aqui”, determinadas pelo Ministério da Saúde, depois que a força-tarefa descobriu uma série de irregularidades  é o assunto deste Em Conta.

 

 

Em média, por mês, o Programa Farmácia Popular atende quase 10 milhões de pessoas através de 34.616 farmácias conveniadas com o gasto, para o governo, de R$2,8 bilhões, em 2016.  Quando começou, em 2006, o gasto foi de apenas R$ 34,7 milhões.

 

 

Em nota, o governo informa que “os processos indicaram devolução de quase R$ 60 milhões aos cofres públicos devido à prescrição imprópria de medicamentos” . Saiba mais clicando aqui.

 

http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/principal/agencia-saude/27365-ministerio-implanta-criterios-para-evitar-fraudes-no-farmacia-popular

ou

http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/leia-mais-o-ministerio/345-sctie-raiz/daf-raiz/farmacia-popular/27393-nota-de-esclarecimento-sobre-novos-criterios-para-uso-do-programa-farmacia-popular

 

Em entrevista ao programa Em Conta, a coordenadora institucional da Proteste – Associação de Consumidores, Maria Inês Dolci, diz que é preciso garantir os direitos das pessoas que já vinham recebendo remédio através do programa, principalmente os de uso contínuo.

 

As novas regras, a partir de agora, determinam o seguinte, na parte do cidadão:

Colesterol alto – mais de 35 anos de idade.
Osteoporose – mais de 40 anos.
Mal de Parkinson – mais de 50 anos.
Hipertensão – mais de 20 anos.
Contraceptivos – maior que 10 anos e menor que 60 anos de idade.

 

Para saber mais ouça o programa no player acima .

 

O Em Conta– a economia que você entende - vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir de 12h40 na Rádio Nacional da Amazônia e de 09h40 na Rádio Nacional do Alto Solimões. 

 

A produção é de Cleide de Oliveira. A edição e apresentação é de Eduardo Mamcasz.



Criado em 25/01/2017 - 14:24 e atualizado em 25/01/2017 - 12:26

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa