Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Indígenas do Tocantins participam de curso de formação sobre drogas e violência

Ação faz parte do Programa educacional da Polícia Militar, que trabalha as questões no âmbito escolar, atendendo pais, alunos e professores

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 28/08/2018 - 07:20

Índios das etnias Xavante, Javaé, Avoa Canoeiro, Karaja e Tuxá, que vivem na Ilha do Bananal, serão beneficiados com as ações preventivas e de conscientização.

Durante toda a semana, polícia militares estarão na aldeia Canuanã levando formação e informação, conforme explicou a coordenadora regional do Programa educacional da Polícia Militar (Proerd), tenente Shirley Rocha.

Ao todo, 150 índios participam das atividades, 117 são alunos do quinto ao sétimo ano e 33 membros da comunidade.

A ida do programa até a Ilha do Bananal nasceu de uma necessidade real do local, que passa por problemas relacionados ao álcool e outras drogas. Tenente Shirley comentou que os pais dos alunos também serão capacitados pelo Proerd e assim eles serão formadores de outros indígenas.

Em 2018, o Tocantins comemora a marca histórica de 400 mil atendimentos por meio do Proerd. A formação da Ilha do Bananal segue por 15 dias.

Ouça outros destaques no Repórter Nacional - Amazônia:

 

Criado em 28/08/2018 - 09:24

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa