Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Dia Mundial da Água: saneamento é o grande desafio do Brasil

Ouça a entrevista com o diretor da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Ricardo Andrade

Revista Brasil

No AR em 22/03/2021 - 15:00

Neste Dia Mundial da Água (22), o país enfrenta o grande desafio de resolver a questão do saneamento básico. O Revista Brasil conversou com o diretor da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Ricardo Andrade.

Ouça no player acima.

O diretor da ANA destacou que mais de 30 milhões de brasileiros não têm acesso à água potável. Além disso, mais de 100 milhões, metade da população, não têm esgotamento sanitário.

 

“Não basta você ter água. Você precisa ter água de qualidade. Setenta por cento da disponibilidade hídrica brasileira encontra-se na Amazônia, enquanto 90% da população encontra-se no litoral. Portanto, a água é abundante, mas é mal distribuída e agravada pela questão da qualidade", reforçou.

 

Leia também: Vidas Secas no país das águas: Passado, presente e futuro da relação do brasileiro com a fartura e a estiagem

Segundo Ricardo, diversos vetores ameaçam a qualidade e disponibilidade  da água, com destaque para a questão da urbanização, feita de forma desorganizada e descoordenada. Ele citou os esforços que diversos setores da economia têm feito, como o reúso na indústria, a utilização de tecnologia para reduzir o consumo de água na agricultura e o aumento de cobertura, tanto de abastecimento quanto de coleta, por parte das companhias de saneamento.

 

“É louvável o esforço que se faz. É um trabalho difícil, complexo e o Brasil está atrasado nisso, eu não tenho a menor dúvida. Mas nós estamos trabalhando nisso e a nossa Agência tem buscado estimular a adoção de práticas regulatórias modernas e justas com a sociedade, que busquem resolver este problema", afirmou.

 

Na entrevista ao programa Revista Brasil, o diretor da ANA relembrou o 8º Fórum Mundial da Água, realizado em 2018, em Brasília, com ampla cobertura dos veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Segundo ele, nesses últimos anos, houve uma maior consciência em relação à importância da água nos diversos segmentos da sociedade. Hoje as discussões também giram em torno do valor da água.

 

“Valor não significa colocar preço, e sim, importância. Então, o valor da água é relativo. O importante é que as pessoas tenham consciência da importância da água, que respeitem a água, que valorizem a água e a tratem bem, não poluindo, não desperdiçando e usando com consciência", concluiu.

 

 

Criado em 22/03/2021 - 15:31

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa