Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

USP e Harvard propõem tratamento para diminuir mais rápido o câncer de mama

Ouça entrevista com Vinicius Ferreira, Pesquisador do Instituto de Química de São Carlos

Revista Brasil

No AR em 23/07/2021 - 12:10

O Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP e a Faculdade de Medicina de Harvard, dos EUA, se uniram na busca por tratamentos mais eficientes contra o tipo mais agressivo de câncer de mama, o triplo-negativo.

Para esclarecer melhor o tema o Revista convidou Vinicius Ferreira, Pesquisador do Instituto de Química de São Carlos.

Segundo ele, a pesquisa busca auxiliar na quimioterapia. 

O pesquisador explica que existem dois tipos de câncer de mama baseados em receptores de hormônios femininos (progesterona, estrogêneo, HER2), a combinação dos hormônios geram dois tipos de câncer de mama. "O terceiro tipo é chamado triplo-negativo, por não ter um receptor na célula para nenhum desses hormônios", esclarece.

"O tumor triplo-negativo é mais difícil de tratar, como não depende desses hormônios o tratamento com hormonal nao tem nenhum efeito", destaca.

A pesquisa está na fase de testes em animais.

Revista Brasil vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 8h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional AM Rio, e às 6h (horário local) pela Rádio Nacional do Alto Solimões. Aos sábados, o programa vai ao ar às 8h pela rádio Nacional AM Brasília.

 

 

 

Criado em 23/07/2021 - 12:47

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa