Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Instituto de Pesquisas Espaciais lança campanha inédita de proteção contra raios

O objetivo é prevenir mortes e diminuir acidentes causados por raios

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), lançou uma campanha inédita de proteção contra raios. O coordenador do grupo de Eletricidade Atmosférica Elat/Inpe, Osmar Pinto Júnior, em entrevista ao Revista Brasil, falou sobre a campanha inédita.

 

Ele diz que a ideia é tentar minimizar as mortes e o número de pessoas feridas por raios. O coordenador comenta que o Brasil é o 6º país em termos de mortes por raios no mundo: "hoje nós temos cerca de 110 mortes por ano e cerca de 400 pessoas feridas por ano”,complementa.

 

Osmar Pinto Júnior diz que diante da falta de informação surgiu uma campanha informativa com dois vídeos: "um vídeo fala da proteção dentro de casa e o outro da proteção ao ar livre", conta. Os vídeos estão disponíveis na página do grupo de eletricidade de atmosférica do Inpe e qualquer pessoa pode assistir e verificar as principais recomendações.

 

De acordo com o coordenador, os vídeos de proteção dentro de casa mostram o perigo de choques na geladeira, dos banhos no chuveiro elétrico. Já fora de casa, ele explica que o vídeo mostra os perigos da área rural e da área urbana. Ele também faz recomendações em caso de tempestades. 

 

Clique aqui e acesse os vídeos 

 

Confira mais informações ouvindo a entrevista na íntegra no player acima.

 

O Revista Brasil é uma produção das Rádios EBC e vai ao ar, de segunda a sábado, às 8h, na Rádio Nacional AM Brasília. A apresentação é de Valter Lima.

 



Saiba como se proteger contra raios com dicas de especialista

Você sabe como se proteger de acidentes com raios?

Criado em 26/02/2016 - 20:55 e atualizado em 26/02/2016 - 17:53

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa