Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Seminário internacional debate o futuro da Educação

Catarina de Almeida Santos, da UnB, traz destaques do Seminário da Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO)

Revista Rio

No AR em 28/09/2020 - 18:04

Em entrevista a Dylan Araujo, no programa Revista Rio, a professora da Faculdade de Educação, da Universidade de Brasília (UnB), Catarina de Almeida Santos, integrante do Comitê do Distrito Federal da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, falou sobre alguns dos principais assuntos, no que diz respeito ao Brasil, discutidos no webinário realizado pela Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO), realizado na última quinta-feira (24). O evento contou com a participação de ministros da Educação de vários países, além de especialistas internacionais, e teve o objetivo de fomentar um diálogo internacional, discutindo o futuro da Educação.

Para Catarina, um dos pontos em comum do discurso dos líderes de diferentes países, entre os subdesenvolvidos e os que têm um processo educacional mais avançado, é "a importância da Educação, inclusive para combater a desigualdade, para promover mais equidade, e, consequentemente, a importância que os Estados, as nações, invistam na Educação e no combate às desigualdades educacionais, sobretudo nesse momento que o mundo vive a crise da pandemia, causada pela covid-19, mas que também não é uma crise que a pandemia trouxe", alerta ela ao abordar o tema das desigualdades sociais em todo o mundo.

Além da importância do combate a desigualdade social, a professora também destacou o trabalho do Paulo Freire durante o evento. "Paulo Freire foi referência em todos os discursos", disse ela durante a entrevista. Outros assuntos foram abordados, como a singularidade das questões relacionadas à realidade da Educação brasileira e a possibilidade de alianças internacionais poderem trazer auxílio para a resolução das problemáticas locais. "Quando a gente olha, num processo como esse, de pandemia, que nós temos aí em torno de 1,6 bilhão de crianças fora da escola em todo o mundo, essa é uma questão comum", ressalta ela ao falar sobre a ausência de infraestrutura escolar não só no Brasil, mas também em outras nações menos desenvolvidas no mundo.

Ouça a entrevista na íntegra clicando no player:

Tags:  educação ICESCO

Criado em 28/09/2020 - 19:16

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa