Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

ECA foi um marco histórico no Brasil, diz especialista

Segundo o professor, é necessário que o estatuto entre na pauta das

Para fazer uma análise dessas duas décadas e seis anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Tarde Nacional convidou o especialista em Adolescência e Juventude da Universidade Católica de Brasília (UCB), professor José Ivaldo. Ele começa dizendo que o ECA foi um marco histórico no Brasil, em termos da promoção e reafirmação dos direitos da criança e do adolescente.

 

Para comemorar de verdade, diz o professor, é necessário que o estatuto entre na pauta das discussões, especialmente no momento em que há discussão da maioridade penal, nesse momento em que foi lançado o relatório do  mapa da violência no país em que se vê o índice de extermínio de adolescentes e jovens, principalmente negros.

 

Para o professor, há motivo para comemorar e para lamentar. "Eu comemoro a existência dessa lei, acho que a gente não pode retroceder e dizer vamos rasgar essa lei.Mas eu lamento a falta de um entendimento mais profundado do que ela traz em termo de possibilidades de atendimento socioeducativo, em termos de ter um olhar humanizado para criança e adolescentes em situação de vulnerabilidade social", analisa.

 

Acompanhe esta entrevista sobre os 26 anos do ECA, na íntegra, no player acima.



Criado em 13/07/2016 - 20:40 e atualizado em 13/07/2016 - 17:37

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique