Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Estudo identifica potencial de transmissão de febre amarela em cidades brasileiras

Estudo testou a capacidade dos mosquitos urbanos de se infectar com o vírus da febre amarela em áreas altamente povoadas de grandes capitais como o Rio de Janeiro

O Instituto Oswaldo Cruz (IOC / Fiocruz) realizou, em parceria com o Instituto Pasteur, na França e o Instituto Evandro Chagas, em Belém,  um estudo sobre o potencial de transmissão de febre amarela em cidades no Brasil por meio de mosquitos urbanos do tipo Aedes.

Segundo o pesquisador da Fiocruz Ricardo Lourenço, o estudo testou a capacidade dos mosquitos urbanos de se infectar com o vírus da febre amarela em áreas altamente povoadas de grandes capitais.

Ouça a entrevista no player.

Criado em 20/07/2017 - 19:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa