Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministério da Saúde antecipa campanha de combate ao Aedes aegypti

Objetivo é mobilizar mais a população no período da seca

Tarde Nacional

No AR em 25/09/2019 - 15:00

O Ministério da Saúde antecipou a campanha - que historicamente seria em novembro - para combater o Aedes aegyptiCom o slogan "E você? Já combateu o mosquito hoje? Proteja sua família”, a ação pretende mobilizar a população para evitar que surjam novos focos do Aedes. O mosquito transmite dengue, zika e chikungunya.

O órgão espera que principalmente os gestores de saúde preparem as cidades para as chuvas e, assim, ajudem a evitar, um pouco, a proliferação do mosquito. O Tarde Nacional conversou com o secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Wanderson Kléber de Oliveira, sobre a campanha.

Ouça no player abaixo:


"A campanha deste ano a gente conseguiu antecipar em pouco mais de 30 dias em relação ao histórico das campanhas anteriores. Isso foi estratégico justamente para mobilização da sociedade antes das chuvas e no período de maior intensificação dos vetores. E neste ano nós estamos incentivando a prevenção e buscando aumentar o engajamento e alerta das pessoas no combate ao mosquito e aos sintomas", afirmou.

 

Ele reforçou que todos têm responsabilidade em relação aos focos de mosquito.

De acordo com o secretário, neste ano, os casos de dengue foram mais intensos no oeste de Minas Gerais e São Paulo, no Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins.

Wanderson chamou a atenção para algumas ações que podem ser tomadas pela população para evitar a reprodução do mosquito, como tampar ralos, caixas d'águas e tonéis, não deixar água em vasos de plantas, limpar o quintal e descartar o lixo de forma correta.

 

"Por menor que seja o ambiente, o mosquito aproveita para colocar os ovos e, quando chove, as gotículas podem estimular a eclosão deles", esclareceu.

 

Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 15h, nas rádios Nacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

Criado em 25/09/2019 - 15:53 e atualizado em 25/09/2019 - 15:52

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa