Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especialistas apontam home office como futuro do trabalho

Covid-19 obrigou muitas empresas a adotar o trabalho remoto, mas o novo modelo gerou tantas vantagens que deve ser mantido mesmo após a pandemia

Tarde Nacional

No AR em 17/08/2020 - 18:44

Com a necessidade do isolamento social, várias empresas se reinventaram durante a pandemia. O trabalho remoto ou home office, realizado em casa, foi um dos modelos que mais se destacou. Além de flexibilizar o local de trabalho, os funcionários se mostraram mais produtivos.

Foi pensando nessa realidade que Amélia Caetano, consultora especialista em Gestão Remota do Instituto Trabalho Portátil, publicou o livro “Além do Remoto: os próximos passos do Trabalho Flexível”. Segundo a consultora, o trabalho remoto é a revolução do modelo industrial. 

Ouça no player abaixo:


“As empresas já pensavam em implementar o trabalho remoto de forma gradual no futuro, mas com a covid-19 a gente viu uma antecipação desse futuro”, explicou.

 

O livro conta com participação do especialista André Brik e líderes em trabalho flexível de diversos países. De desvantagens, só o risco de perder o controle e acumular tarefas. Mas o novo modelo promete mais flexibilidade, economia para as empresas e autogestão para os trabalhadores.

 

“Antigamente ter um escritório era um status, mas hoje os empresários perceberam que é um gasto a mais. No trabalho remoto eu posso trabalhar da praia, de casa, de qualquer lugar. A gente vê que as pessoas se tornam muito mais produtivas quando têm mais flexibilidade. As pessoas podem trabalhar em horários e períodos diferentes, posso trabalhar para mais de uma empresa”, ressaltou.

 

Para baixar o livro gratuitamente, basta acessar o site do Instituto Trabalho Portátil. O Instituto é membro fundador e representa o Brasil no Flexwork Hub, um grupo de estudos que reúne as principais consultorias em trabalho flexível do mundo.

 

Criado em 17/08/2020 - 18:48

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa