Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Teólogo fala sobre o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Mesmo sem um censo mais preciso no país, seja pelo Disque 100 ou o 190, entrevistado acredita que há ainda muitos casos que não são denunciados

Tarde Nacional

No AR em 21/01/2021 - 13:40

O Brasil celebra nesta quinta-feira (21), o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa e também o Dia Mundial da Religião. A celebração dessas datas é um convite às religiões do mundo todo para uma convivência pacífica e fraterna, um incentivo para uma reflexão sobre a situação das nossas tradições e crenças e o quanto podemos colaborar para um mundo melhor.

Sobre esse assunto, o Tarde Nacional conversou com o religioso afrobrasileiro, pai de santo e membro da Comissão de Direitos e Liberdade Religiosa da OAB/SP, Giovanino Tadeu, que prefere ser chamado de pai Tadeu de Oxossi.

Há como coibir a intolerância contra a religião afro, por exemplo? Segundo o pai Tadeu de Oxóssi, não há ainda nenhuma campanha educativa nesse sentido. Mas ele cita a importância de instituições como o Idafro - Instituto de Defesa dos Direitos das Religiões Afro-Brasileiras que atua em São Paulo para essa reeducação. Infelizmente, muitas ações de intolerância não chegam a ser denunciadas. O que demonstra uma falta de segurança no resultado final da investigação. "Tínhamos que qualificar melhor até mesmo os profissionais de segurança que acolhem essas denúncias. Pois muita das vezes, a vitimização dessa agressão entra como um crime comum. Então, isso desmotiva muito", avalia o teólogo. 

Na entrevista, ele afirma que o problema é estrutural. "Falta educação nas escolas, respeito, pois o negro históricamente é muito ligado a escravidão. Sendo que ele é também descendente de reis e rainhas, pessoas inteligentes, que contribuíram muito para o progresso do mundo. Só com estes esclarecimentos, nós teremos uma visão diferenciada da origem do negro e da importância de sua cultura", acredita o religioso, citando ainda que religiões como o candomblé e a umbanda tem crescido bastante entre os jovens nos últimos anos. 

Como são encaminhadas as denúncias à OAB/SP? Ouça entrevista completa, no player acima. 

Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, no horário de 13h às 15h, pela Rádio Nacional de Brasília. 

Criado em 21/01/2021 - 17:29 e atualizado em 21/01/2021 - 17:13

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa