Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Nova variante encontrada na África do Sul tem um número de mutações maior que o esperado, afirma pesquisador

Médico geneticista comenta o que essa descoberta representa para a vida os brasileiros nesse momento da pandemia

Tarde Nacional

No AR em 26/11/2021 - 16:10

Com quase dois anos de duração, a pandemia de covid-19 pode, finalmente, estar perto de chegar ao fim. Mas, a descoberta da variante B.1.1.529 gerou um alerta ao mundo e aos brasileiros, detectada pela primeira vez em Botsuana e com seis casos de infecção confirmados na África do Sul, tem um "número extremamente alto" de mutações, o que pode levar a novas ondas de covid-19. 

Para falar sobre esse assunto o programa Tarde Nacional conversou com o médico geneticista do laboratório Mendelics, o primeiro e maior laboratório brasileiro especializado em exames diagnósticos genéticos para doenças raras e câncer através da técnica de Sequenciamento de Nova Geração (NGS), dr. David Schlesinger. 

Schlesinger explica que as regiões onde os surtos estão acontecendo são lugares mais populosos onde menos pessoas foram vacinadas e são regiões de baixo desenvolvimento. Mas o que mais impressionou é que essa nova variante ultrapassou em número de casos a variante Delta muito rapidamente. 

Ouça a entrevista na íntegra e entenda quais os riscos dessa nova variante do covid-19:

O médico poderem alerta que o melhor a se fazer é se vacinar, usar máscara e evitar lugares aglomerados e fechados. 

Confira também a matéria da Agência Brasil sobre o assunto. 

Criado em 26/11/2021 - 18:09

Mais do programa