Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Preço do arroz continuou recuando na última semana

O mercado apontou, de forma geral, um recuo nos preços dos produtos agrícolas, nessa última semana do mês

Brasil Rural

No AR em 30/10/2018 - 10:15

No quadro Mercado e Cotações desta terça-feira (30), o professor Argemiro Brum analisa as cotações da semana, do arroz, feijão, milho, soja e das carnes.

O professor conta que o preço do arroz continua recuando desde a semana anterior. Nos primeiros 23 dias do mês de outubro, o produto já registrava um recuo de 3,8% no seu preço, ficando R$ 44,2 por saco de 50Kg. Preço que ficou abaixo do custo médio de produção, considerado pelos setores do estado. Este arroz da última safra está sendo vendido agora por R$ 45 o saco de 50 kg. Vale lembrar que, a partir de janeiro, começa a entrar no mercado nacional o arroz do Paraguai, pressionando ainda mais para baixo o preço do arroz.   

Quanto ao feijão, os preços melhoraram um pouco, mas os produtores não estão muito animados, principalmente com o feijão carioca. No estado de São Paulo, por exemplo, boa parte da colheita, foi negociada entre R$ 118 a R$123 o saco de 60kg.

Sobre a soja, o professor disse que as cotações em Chicago, que balizam os nossos preços, caíram muito na última semana. A partir do dia 15, com o clima mais seco, permitiu uma melhora na colheita dos Estado Unidos, fechando a semana, com meio dólar de queda em dez dias de mercado.  

Com o milho também houve um pequeno recuo nas cotações em Chicago, terminando a semana em 3,67 dólares, recuo bem pequeno. Nas exportações, por exemplo, no Porto de Santos, o cereal caiu para R$ 34 o saco de 60kg.

Ainda segundo o professor, no mercado de carnes, o boi gordo o preço não está muito bom. Houve queda do consumo interno, que acontece sempre na segunda quinzena do mês, ficando os preços abaixo da referência. Tendo como preço médio, como por exemplo, em São Paulo, a arroba ficou cotada em R$ 148, Goiânia, R$ 135, no Rio Grande do Sul, R$ 4,55 o quilo vivo. 

Ouça a entrevista completa:

 

Criado em 30/10/2018 - 10:33

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa