Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

OSB encerra temporada em concerto transmitido ao vivo pela MEC FM

Sob a regência do maestro Lee Mills, a orquestra apresenta obras de Rossini, Edward Elgar e Alberto Nepomuceno, na Sala Cecília Meireles

Especiais Rádio MEC

No AR em 10/12/2017 - 18:00

No ano de 2017, a Orquestra Sinfônica Brasileira, um dos conjuntos sinfônicos mais importantes do país, sofreu uma de suas mais graves crises e suspendeu as atividades por falta de recursos. No dia 22 de outubro, a OSB voltou aos palcos com concerto beneficente na Sala Cecília Meireles (concerto transmitido pela Rádio MEC FM). Com novos patrocinadores, a orquestra divulgou a série "OSB na Sala", uma curta temporada de seis concertos com diferentes formações (todos transmitidos pela MEC FM e em vídeo através do facebook da rádio). O último desses seis concertos acontece no domingo, 10 de dezembro de 2017. Abaixo segue o calendário da série "OSB na Sala" de 2017:

- 31/10 - Música para Metais e Percussão - Solista: Raphael Campos da Paixão, Regência: Antônio Seixas 

              Estreia mundial de Fanfarra Para um Novo Começo, de Rodrigo Cicchelli Velloso, Regência: Lee Mills)

- 05/11 - Orquestra Sinfônica Brasileira - Solista: Linda Bustani, Regência: Lee Mills

- 14/11 - Cordas, Sopros e Percussão da OSB - Regência: Lee Mills

- 27/11 - Quarteto de Cordas da OSB

- 03/12 - Quinteto de sopros da OSB

- 10/12 - Orquestra Sinfônica Brasileira - Regência: Lee Mills

O concerto deste domingo (10) traz a OSB sob a regência do maestro Lee Mills. No repertório, a abertura da ópera Guilherme Tell, de Gioachino Rossini; as Variações Enigma Op. 36, de Edward Elgar; e a Sinfonia em Sol Menor, de Alberto Nepomuceno.

A ópera Guilherme Tell marcou o fim da carreira de Rossini como escritor de óperas, isso, ainda em 1829, quando o compositor tinha ainda 37 anos. Guilherme Tell raramente é interpretada na íntegra, devido à duração de mais de 4 horas, mas sua abertura, é sim, um dos temas mais conhecidos do público.

As Variações Enigma surgiram em 1898 como uma brincadeira doméstica de Sir Edward Elgar. A partir de um tema original, o compositor realizou 14 variações, cada uma representando um amigo seu. As Variações se difundiram internacionalmente e a nona variação "Nimrod" acabou se tornando um "bis" bastante executado por orquestras por todo o mundo.

A Sinfonia em Sol Menor, foi composta por Alberto Nepomuceno em 1893, numa época em que a forma sinfônica ainda era incipiente no Brasil. O compositor cearense foi um dos grandes bastiões pela nacionalização da música erudita brasileira, defendendo os compositores e a influência de ritmos brasileiros, além do canto na língua portuguesa.

Rádio MEC FM transmite o concerto ao vivo, direto da Sala Cecília Meireles, neste domingo (10), às 18h. Além da transmissão de rádio,em 99.3MHz, o concerto tem transmissão também em áudio e vídeo pelo Facebook da MEC FM (facebook.com/radiomecfm/). Ouça:

Abaixo o programa do último concerto deste série "OSB na Sala" de 2017:

PROGRAMA

Gioachino Rossini
Abertura da ópera Guilherme Tell

Edward Elgar
Variações Enigma Op. 36
Enigma: Andante
-“C.A.E.” L’istesso tempo
-“H.D.S.-P.” Allegro
-“R.B.T.” Allegretto
-“W.M.B.” Allegro di molto
-“R.P.A.” Moderato
-“Ysobel” Andantino
-“Troyte” Presto
-“W.N.” Allegretto
-“Nimrod” Moderato
-“Dorabella – Intermezzo” Allegretto
-“G.R.S.” Allegro di molto
-“B.G.N.” Andante
-” *** – Romanza” Moderato
-“E.D.U.” Finale

[INTERVALO]

Alberto Nepomuceno
Sinfonia em Sol Menor
-Allegro (Com Entusiasmo)
-Andante quasi adagio
-Presto
-Con fuoco

Criado em 07/12/2017 - 11:02 - Episódio Concerto OSB na Sala Cecília Meireles - 10/11

Fale com a Ouvidoria

Mais do programa