Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Rondônia inicia campanha pelo fim da violência contra mulheres

Estado ocupa o quarto lugar no ranking dos mais violentos para mulheres no Brasil

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 22/11/2018 - 09:56

O estado de Rondônia iniciou oficialmente as atividades da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Durante a abertura, no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, o Coletivo Feminino Filhas Do Boto Nunca Mais reproduziu, com ajuda de maquiagem, as marcas de agressão nos rostos de mulheres que já foram vítimas de violência.

Até o dia 10 de dezembro Rondônia envolve o setor público e a sociedade civil em ações de conscientização e de alinhamento de medidas para combater a violência contra o público feminino. A intenção é alertar para a importância do enfrentamento desse tipo de crime.

De acordo com a Secretaria Estadual de Assistência Social, Rondônia ocupa o quarto lugar no ranking dos estados mais violentos para mulheres no Brasil.

Os 16 dias de ativismo tiveram origem em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres, iniciaram campanha para denunciar as várias formas de agressão contra as mulheres no mundo.

Segundo informações da Agência Senado, no Brasil, a campanha ocorre desde 2003 e é chamada 16+5 Dias de Ativismo, pois incorporou o Dia da Consciência Negra. A mobilização termina em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Cerca de 150 países participam da campanha.

Ouça o Repórter Nacional - Amazônia (7h20) desta quinta-feira (22):

 

Criado em 22/11/2018 - 10:04

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa